Ecosapiência

Reflexões contemporâneas

Posts Tagged ‘Blackfoot

A chegada dos Europeus – parte I, entre espíritos e Ecologia

with 2 comments

O que é Edmonton?

A milênios atrás a região do rio Saskatchewan do Norte já era habitada por povos indígenas que cruzavam o vale do rio para caçar e pescar. Na região de Edmonton o povo mais influente eram os “Blackfoot” ou Pés Negros. Os Blackfoot se reúnem em torno de uma confederação chamada “Niitsítapi”, que significa “o povo original”. Suas terras iam desde o rio Saskatchewan do Norte até o vale do rio Yellowstone, nos Estados Unidos. Eram guerreiros. Fortes. Muitas reservas indígenas podem ser encontradas em Alberta e Montana. Os Blackfoots ainda realizam as misteriosas e maravilhosas cerimônias nativas americanas, cercadas de espíritos, plantas e esperanças.

"Bear Bull"

Mais ao norte, se aproximando do círculo polar ártico e dos ursos polares, encontramos os Inuit. São os povos esquimós. Bonitos, introspectos, reféns da natureza gélida.

Jovem Inuit

Entretanto um dia qualquer chegaram os Europeus. Com seu deus domesticado, suas cruzes, suas roupas estranhas, suas comidas horríveis (com todo o respeito, a culinária inglesa é vergonhosa), sua moral e sua ganância. Primeiro trocaram alguns bens, fizeram comércio com os nativos.

Encontro entre colonos e nativos no lago Athabasca, Alberta, 1893. Fonte: Canada Archives

Comerciante de peles de Alberta, ~1890. Fonte: Wikipedia

O comércio de peles foi um negócio importante para os colonos de Alberta. Por incrível que pareça foi importante para a ciência da Ecologia. Uma das mais antigas corporações do planeta em atividade, a “Hudson Bay Company”, fundada em 1670, era quem dominava o comércio de peles na América do Norte. Em 1937, um pesquisador chamado Duncan Alexander Mac Lulich, publicou um artigo científico intitulado “Fluctuations in the numbers of varying hare (Lepus americanus)”, um estudo sobre a flutuação no número de indivíduos nas populações de lebre no Canada. Ele utilizou dados de caça de peles de lebre da Hudson Bay Company. Este trabalho ajudou a consolidar a famosa equação de Lotka e Volterra, ou predador-presa, indispensável no estudo de Ecologia.

Written by newtonulhoa

28 de janeiro de 2011 at 02:17